Sindicato das Autoescolas do Ceará participa de debate em Brasília sobre educação para o trânsito

Início / Últimas Notícias / Sindicato das Autoescolas do Ceará participa de debate em Brasília sobre educação para o trânsito

Sindicato das Autoescolas do Ceará participa de debate em Brasília sobre educação para o trânsito

Representantes do Sindicato das Autoescolas do Ceará participaram em Brasília de reunião entre sindicatos da categoria de todo o Brasil para debater ações de educação para o trânsito. O evento, realizado na última quarta-feira, 12, fez parte de uma extensa agenda de encontros com diferentes segmentos para falar sobre o tema.

 

A atuação da entidade faz frente a um projeto de lei do Senado que tira a obrigatoriedade das aulas em autoescolas para ter carteira de motorista no Brasil. O setor defende que, atualmente, as autoescolas são as instituições que promovem a educação para o trânsito no Brasil e sustenta que o projeto de lei, de autoria da senadora Kátia Abreu (PDT-TO), é inconstitucional.

 

“A Constituição diz que a educação para o trânsito é uma política de segurança pública, mas hoje não existe outra forma de promovê-la a não ser por meio das autoescolas. Se as aulas em autoescolas não forem mais obrigatórias, isso vai gerar consequências nas estatísticas de acidentes de trânsito”, disse Eliardo Martins, presidente do Sindicato das Autoescolas do Ceará.

 

“A educação para o trânsito se reflete na defesa da vida. Então precisamos fortalecer a atuação das autoescolas. Defendemos que o setor possa contar com incentivos financeiros para que a população tenha acesso a uma boa formação”, completa o diretor jurídico da entidade, Alisson Maia.

 

Na terça (11), eles estiveram com os deputados Capitão Wagner (PROS-CE), Idilvan Alencar e Leônidas Cristino (ambos do PDT-CE). Já na quarta (12), o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) os recebeu em seu gabinete. Na ocasião, também estavam presentes os deputados federal Roberto Pessoa (PSDB-CE) e estadual Davi de Raimundão (MDB).

 

O senador José Maranhão (MDB-PB), membro da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), também recebeu os representantes do sindicato. Os encontros com os dois senadores contaram com a presença do presidente do Sindicato das Autoescolas do Rio Grande do Norte, José Eduardo Migliavaca Domingo.

%d blogueiros gostam disto: